ARCOLisboa faz edição virtual este ano

Fonte: Expresso

Desde 2016 que a Feira de Arte pode ser vista no final de maio, na Cordearia Nacional, em Lisboa. Este ano, a visita é feita de forma virtual e está disponível durante quatro semanas em vez de uma.

A exposição começa a 20 de maio e termina a 14 de junho, e é realizada no site arcolisboa.com, em parceria com a plataforma artsy.net, segundo o Expresso. A ARCOLisboa Online Edition vai apresentar e comercializar obras selecionadas pelo Comité Organizador da feira e pelos comissários das secções Opening e África em Foco.

De acordo com a Rádio Renascença, o evento era suposto começar na passada quinta-feira, mas o site do evento explica que a feira de arte contemporânea decidiu reagendar a sua edição física para 2021, entre os dias 13 e 16 de maio. O evento promete aos visitantes “acesso exclusivo à vibrante cena artística portuguesa”.

Na edição adaptada às condições impostas pela pandemia, vão participar galerias “de referência portuguesas, como a Cristina Guerra Contemporary Art, Filomena Soares, Pedro Cera e Vera Cortês, tal como algumas galerias emergentes como a Balcony, Bruno Múrias, Madragoa ou Nuno Centeno”. Em comunicado, a Instituição de Feiras de Madrid refere a participação de várias artistas espanholas, como Elba Benítez e Elvira González. A estas acrescentam-se várias presenças internacionais, como Georg Kargl, de Viena e Sokyo, de Quioto.

O evento conta ainda com um programa de conversas entre profissionais da área, com o objetivo de ligar a cena artística portuguesa a uma audiência nacional e internacional. Esta prática já não é estranha a quem frequenta a ARCO de Madrid ou de Lisboa, pelo que o fórum do evento vai contar, em média, com três conversas semanais transmitidas em direto. A organização destaca a presença de Nadia Belerique e Diana Policarpo nos debates. O programa vai contar com a colaboração da vereadora da Cultura da Câmara de Lisboa, Catarina Vaz Pinto, e de Tobi Maier, o diretor das Galerias Municipais da Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural.