Autoridades britânicas declaram que estão com Covid-19

Fotografia: Isabel Infantes/AFP
Fotografia: Isabel Infantes/AFP

O Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e o Ministro da Saúde, Matt Hancock, declararam nas suas contas do Twitter que testaram positivo para o novo coronavírus. O líder do Partido Conservador afirmou que vai se isolar em casa.

O teste, feito pelo National Health Service (NHS), foi levado a cabo após Johnson ter demonstrado sintomas leves, incluindo febre e tosse. Em sua conta no Twitter, o primeiro-ministro declarou em vídeo que vai continuar a trabalhar a partir de casa, e ainda fez um pedido para que os britânicos continuem a lutar contra a pandemia.

O primeiro-ministro ainda apela para os britânicos, no vídeo, que “quanto mais eficientemente cumprirmos com as medidas estipuladas, o mais rapidamente nosso país vai superar essa epidemia e se recuperar”. Em nota oficial, o Governo britânico referiu que o governador vai “continuar a liderar o Governo contra o coronavírus”.

Poucas horas depois, Matt Hancock anunciou em seu Twitter que também contraiu o novo coronavírus, e foi instruído a ficar isolado em casa. De acordo com o vídeo que publicou, Hancock está “apto a trabalhar de casa”, e apresentou sintomas leves. O Ministro pretende voltar ao trabalho na próxima quinta-feira.

Em relatório publicado ontem, o Governo britânico atestou que existem 11.658 casos positivos da Covid-19 no Reino Unido, sendo que 578 dos infetados faleceram.