Dia Mundial da Atividade Física em casa

Fonte: freepik
Fonte: freepik

Apesar do estado de emergência que o país atravessa, importa não descurar o exercício. Com o início da quarentena são várias as iniciativas promovidas online, não tendo sido diferente hoje, dia 6 de abril, Dia Mundial da Atividade Física.

Promovida pela Associação Portuguesa do Desporto em Família e apoiada pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude, a campanha #SERATIVOEMCASA é levada a cabo por várias figuras públicas que se mostraram disponíveis para partilhar os seus exercícios e opções para se manterem ativos em casa. Esta iniciativa é uma das formas de reduzir o stress e ocupar o tempo passado em casa.

Esta campanha é só mais uma de tantas que têm sido promovidas durante as últimas semanas. #SERATIVOEMCASA chega à população através de mensagens que são partilhadas por várias personalidades públicas e conhecidas. Hoje, durante todo o dia, na página de Facebook foram transmitidas aulas e atividades em direto, permitindo perceber que o isolamento social não é impedimento para deixar de ser ativo.

“O Dia Mundial da Atividade Física é uma iniciativa da Organização Mundial da Saúde e nasceu como forma de luta contra o sedentarismo, um dos principais fatores de risco de morte em todo o mundo. Nunca como hoje este principio foi tão pertinente!”, lê-se no site da iniciativa.

Guilherme Pereira, personal trainer, explica a importância de manter bons hábitos durante a quarentena. “É de suma importância manter os hábitos saudáveis, mesmo estando em casa. Isso é possível com exercícios que usam o próprio peso corporal. Também é possível manter o condicionamento físico, a flexibilidade, as medidas e se beneficiar de todas as respostas hormonais que o exercício proporciona”, afirma em declarações à Agência Brasil.

Fazer atividade física em casa é assim uma das várias soluções para reduzir o tempo de sedentarismo que pode ocorrer durante a quarentena. Desde páginas de Facebook de ginásios, Instagram de figuras públicas, partilhas de vídeos ou aulas em direto – a oferta é diversa, basta pesquisar.