Equipe da NASA opera Curiosity Rover de casa

Fonte: jpl.nasa

Enquanto outras iniciativas são ameaçadas pela Covid-19, membros do projeto Curiosity continuam o projeto remotamente, controlando o robô de casa.

A Rover opera em Marte desde novembro de 2011, explorando seu clima e características geológicas. Fez descobertas substanciais, como a possibilidade de vida microbiana e resquícios evidenciais de água, fatores que possibilitariam futuras missões com tripulação humana no local.

Para os cientistas responsáveis pelo projeto, o distanciamento social cruzou novas fronteiras, quando os comandos enviados no dia vinte de Março, dos computadores pessoais dos membros da equipe, foram executados com sucesso pela sonda dois dias depois a mais de 54 milhoes de quilômetros da Terra.

O time conseguiu se adaptar o suficiente, após semanas de ajustes logísticos e de equipamento, além de múltiplos testes, detalhados no comunicado da NASA.

Segundo a chefe de operações, Carrie Bridge, tomar decisões e desenvolver os protocolos de ação remotamente exige mais esforço, mas o espírito de companheirismo e mentalidade positiva do grupo é típico do que se espera de pessoas trabalhando na agência espacial: ¨Nos deparamos com um problema e temos que fazer funcionar, independentemente das circunstâncias¨.