HouseParty é alvo de campanha difamatória online

Fonte: HouseParty

A aplicação HouseParty, que se tornou o principal aliado de milhares de usuários no isolamento voluntário, diz ter sido alvo de uma campanha de difamação.

Segundo o Observador os boatos, que começaram como mensagens no Whatsapp e Twitter, alegam que os usuários da aplicação têm outras contas pessoas hackeadas e seus dados roubados. Os aplicativos-alvo seriam o Spotify, Netflix e contas bancárias online.

Em uma série de tweets, a empresa pediu aos seguidores por informações sobre a suposta fonte do boato, oferecendo uma recompensa de um valor equivalente a 906 mil euros.

Apesar dos esforços da empresa, inúmeros utentes apagaram as suas contas na aplicação. Antes do incidente, a empresa tinha atingido a marca de dois milhões de downloads semanais, atesta o The Telegraph.

A mesma publicação afirmou, por meio de um especialista em segurança virtual que apesar de recolher uma grande quantidade de dados, não há em primeira análise nenhum indício que aponte para problemas de segurança no HouseParty.