Mudança de hora: chegou o verão

Fonte: Mundo ao Minuto
Fonte: Mundo ao Minuto

A quarentena pode provocar uma desorientação nos dias que vão passando, mas durante a noite de dia 28 para 29 de março, a hora vai mudar. Inicia-se o horário de verão e adiantam-se os relógios com mais uma hora de luz.

Segundo o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, quando os relógios marcarem a primeira hora da madrugada adiantam-se para as duas horas da manhã. Já na Região Autónoma dos Açores, realiza-se o mesmo processo, mas à meia-noite, passando assim o relógio a marcar a uma da manhã.

Em 2018, a Comissão Europeia pediu aos Estados-membros para se pronunciarem sobre a possibilidade de acabar com alteração da hora. O Parlamento Europeu aprovou esta iniciativa, mas ainda falta a decisão do Conselho da União Europeia. Depois da sua deliberação, a medida vai regressar à análise do Parlamento Europeu e da opinião pública. Será depois tomada uma decisão final que não tem data prevista.

Importa ainda dizer que, apesar da nova decisão da União Europeia ter o objetivo de acabar com as mudanças de hora, cada país define a hora que quer manter. Isto é, escolhe o fuso horário a adotar e se pertende continuar a mudar a hora ou pará-la.

Contudo, entre discussões, questionários e outras burocracias, a abolição da mudança da hora ainda não é certa. Com um contínuo debate e estudo sobre o tema, as decisões têm sido adiadas. Ao que tudo indica a hora vai continuar a mudar, pelo menos até 2021.

Segundo Rui Agostinho, do OAL, citado pela NiT, as próximas mudanças já estão definidas. Depois da desta noite, 29 de março, a hora muda novamente em outubro, dia 25. No ano a seguir, 2021, adianta novamente a 28 de março e atrasa a 31 de outubro.