Museus voltam a oferecer cultura ao país

Fotografia: Museus de Lisboa

O desconfinamento dos museus aconteceu, esta segunda-feira, no Dia Internacional dos Museus. A ministra da Cultura, em declarações à imprensa, afirmou que vai haver “quebra muito assinalável de receitas” nos museus.

Devido ao fecho prolongado e à falta de visitantes estrangeiros em 2020, Graça Fonseca, adiantou aos jornalistas que está a ser trabalhada uma programação cultural em museus e monumentos “aproveitando espaços ao ar livre e os jardins”.

Segundo o Jornal de Notícias, a ministra decidiu visitar a Torre de Belém em conjunto com Marcelo Rebelo de Sousa e o Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa. Em declarações, lembrou, durante as visitas, que o país está a enfrentar uma “crise inédita e nunca antes vista”, revelando um “impacto enorme no setor cultural e nos artistas”, durante 2020.

Fotografia: Lusa

“A orientação que estamos a transmitir a todos, municípios e outras entidades, é que é muito importante que sejam criadas condições para que a programação cultural que se possa realizar”, refere ao ser questionada sobre a segurança nos museus.

A abertura do MNAA acontece aquando do início dos trabalhos de restauro dos Painéis de São Vicente. Os painéis estão rodeados e protegidos por vidros, numa sala onde os técnicos trabalham, e o visitante consegue através deles assistir ao restauro.

Graça Freitas alerta que é importante as pessoas voltarem aos museus com confiança, com alguma “normalidade”, de forma a envolver mais as pessoas e a “participar culturalmente por todo o pais”.