R0: o número do contágio está perto de 1

Fonte: CNN
Fonte: CNN

A três de abril de 2020, o R0 encontrava-se ligeiramente acima de 2. Hoje, 15 dias depois, há uma diminuição visível, fruto das medidas de contenção aplicadas e do isolamento.

Até então o termo R0 (lê-se zero) não era conhecido pela maior parte da população portuguesa. Com a pandemia e a dispersão do vírus, este termo passa a ser tido em conta, pois é um termo matemático que permite perceber qual o grau de contágio de uma infeção. Como foi explicado anteriormente pelo Conceitual, o R0 é o número médio de pessoas que são infetadas por uma pessoa contagiada.

Graças ao isolamento aplicado em Portugal e com os portugueses, a notícia anunciada pela Diretora-Geral da Saúde foi recebida com felicidade. “Neste momento, o nosso R0 situa-se perto de 1, com algumas variações regionais”, cita a Rádio Renascença.

Os números mostram que Portugal está num bom caminho, no que compete ao R0. “1,1 nuns sítios e um pouco abaixo de 1 noutros”, reforçou Graça Freitas, citada pelo Público.

Ao Público, Carla Nunes, especialista em epidemiologia e estatística da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (ENSP-NOVA), explica que o “valor de um é a referência: um caso para um caso”. Apesar disto, é deixado ainda o alerta de ver estes valores com olhos cautelosos. Graça Freitas atenta para o facto de não haver um valor milagroso de R0 que faça “aliviar todas as medidas de confinamento”.

É apontada a importância de baixar mais o valor, mas é reconhecida uma luta difícil que se prevê. A diretora da ENSP-NOVA esclarece que “inicialmente o valor decresce muito mais e isso agora demora muito mais tempo a acontecer”, em declarações ao Público. A mesma fonte reconhece que a aproximação do zero, em relação ao valor R0, neste momento impossível.

Ilustração: Jéssica Gonçalves

Valores para o R0 abaixo de 1 indicam que uma pessoa não gera “necessariamente um infetado”, segundo o Público. O valor 0,7 é apresentado internacionalmente como uma referência para se aliviar as medidas de contenção. Isto é, se o R0 for de 0,7 significa que por “cada grupo de dez infectadas só irão resultar sete novos infectados” – mostrando o decréscimo do contágio.