Sérgio Moro pede demissão após mudança na Polícia Federal

Fonte: André Coelho/Folhapress
Fonte: André Coelho/Folhapress

O ex-juiz e atual Ministro da Justiça e da Segurança Pública brasileiro entrou com o pedido de demissão nesta quinta-feira, após discordar das alterações a serem feitas na chefia da Polícia Federal (PF) pelo presidente Jair Bolsonaro. 

De acordo com a Folha de São Paulo, o Ministro pediu demissão após ser informado por Bolsonaro da troca na diretoria geral da PF, que deve ocorrer nos próximos dias. Não houve ainda pronunciamento oficial.

Ainda segundo a Folha, Bolsonaro, que recentemente também demitiu o Ministro da Saúde, estaria a tentar reverter a decisão do ex-juiz federal. Os ministros, ambos militares, Braga Neto do Ministério da Casa Civil e Luiz Eduardo Ramos do Ministério da Secretaria do Governo teriam sido encarregados de convencer Moro a permanecer no ministério.

O cargo de diretor geral é atualmente ocupado por Maurício Valeixo, que foi escolhido por Moro. Desde o ano passado, no entanto, Bolsonaro já insinuava que tinha intenções de trocar o comando da PF. Aliados do ministro afirmam que se a substituição de Valeixo realmente ocorrer, Moro sairá.

Tanto a Folha quanto o G1 citam que aliados de Moro garantem que essa medida do presidente é uma estratégia para ganhar mais controlo da polícia brasileira e, também, para enfraquecer o próprio Ministro da Justiça.